MEU DESAFIO FIT

            É claro que a proximidade do verão dá um tapa na nossa cara, mas o propósito real desse desafio é conhecer um estilo de vida mais leve, mais dinâmico e saudável, não é parar por aqui, não!

       Pela primeira vez armei um plano condizente com a realidade de burladora oficial de mim mesma, que sempre dá desculpas para se  não se exercitar, que começa a dieta no café da manhã e a encerra no almoço,  que sempre deixa pra próxima segunda feira. Procurei orientação com  a super  nutricionista Geórgia Malheiros, que traçou a minha dieta de acordo com as minhas necessidades e gostos e avisei aos amigos da academia que agora eu estava com sangue nos olhos ( tá,exagerei, vai…). Se eu estiver  deitada no colchonete  chorando abraçada a uma caneleira (porque queria estar em casa vendo Netflix e não ali), me levantem, me puxem pelo braço, me amarrem no leg press. 

             Para quem é  rebelde como eu, é preciso alguns truques pra não deixar a peteca cair.  O primeiro deles é ter a força tão grande quanto a vontade de mudar. Mudar é  difícil pra cacete. Aceita a necessidade de mudança, é hora de traçar seus planos e metas (de preferência com um profissional) e então partir para jogo. Vou dizer agora algumas coisinhas que têm me ajudado.

  • Estipule  curto, médio e longo prazo. Se você pensar em se dar por vitoriosa só daqui a 3 meses, provavelmente vai sofrer. Dividindo em etapas, podemos comemorar várias vezes. Pense em como vai estar daqui a 21 dias, depois daqui a 45 dias… até concluir o seu prazo.
  • Faça uma tabela.  Divida as colunas em Manhã/ Tarde/Noite/ Água/ Ativid. Física/ Anotações.  Divida as linhas no número de dias de cada etapa.  Vá colocando OK sempre que conseguir fazer tudo certinho no período correspondente e um X ( em vermelho) pra quando fracassar. O importante é que você vai tendo a exata noção do seu esforço. Quanto mais OK´S, melhor!!
  • Organize a sua comida.  Cozinhe em maior quantidade  e congele,  guarde folhas já lavadas,  frutas cortadas e porçôes separadas do que você vai comer ao longo do dia e da semana e leve para todos os lugares. Facilita muuuito se manter na linha quando a comida já está pronta e ao nosso alcançe.
  • Convoque os amigos para atividades físicas ou até mesmo para acompanhar você no desafio, assim um estimula o outro  e dá pra trocar várias figurinhas sobre isso.
  • seja criativo na cozinha. Frango com batata doce não precisa ser sempre frango com batata doce. Pode ser tortinha, bolinho, petisco…é só botar a cabeça pra funcionar que a coisa flui.
  •  Compre uma malhinha nova, se arrume bonitinha para a academia,  , insforme-se sobre os benefícios de um estilo de vida mais saudável, inspire-se em pessoas que estão focadas e dedicadas ( mesmo que o seu objetivo seja diferente ), mentalize o tanto que você deseja essa mudança e aceita que não tem milagre, amiga. O milagre aqui é você. 
  • Escorregadas, jacadas e burladas acontecem. Lembre-se que você pode retomar as rédeas da coisa no momento seguinte.

 

aicafo

Tirei essa foto ontem ( 21/08/16). Nem adianta falar que tô bem porque só eu sei aonde meu calo aperta. Mais do que estar forma, eu quero estar saudável! foto: @aicacilda

         Ainda estou na 1º etapa, comecei há uma semana e sei que tenho um longo caminho pela frente até as coisas mudarem internamente, mas tem sido  mais fácil do que eu imaginava. Como disse antes, não é apenas um projeto para o verão, é um projeto para a vida. É entender que meu corpo é a minha casa e que preciso cuidar bem dele, é fazer um exercício diário de controle emocional, é colocar a minha ansiedade no seu devido lugar. É uma tarefa do corpo e da alma, não tem jeito!

          No instagram @aicacilda tem um pouco dessa batalha pessoal, aliás, se você ainda não segue, vai lá!

      Não há dia melhor que a segunda feira para a gente colocar algum projeto em ação, não é mesmo? Então não deixe pra depois o que você pode começar agora, hoje, já! Vamos lá que eu tô mega animada!!

Beijocas,

Ana.

 

EU E MINHA DIETA: UM ENCONTRO SAUDÁVEL

(Por Geórgia Malheiros, nutricionista)

         Hoje em dia, as pessoas têm acesso a várias informações importantes e errôneas sobre a alimentação. Falo que se não tivermos sabedoria e discernimento,  acabamos acatando todas as informações disponíveis e absorvendo de forma negativa, pois somos seres individuais e devemos respeitar a individualidade bioquímica de cada um, ou seja, o que serve para “Maria” não serve para mim.

         As pessoas estão cada vez mais imediatistas. Com a busca incessante de um corpo perfeito ora estilo modelo, ora estilo fisioculturismo, ora estilo “mulher gostosa” e ora estilo “fitness”,  poucas pessoas se importam em associar esse padrão corporal à sua saúde. Eis aqui que me encontro.

      Dieta nada mais é que uma cota habitual de alimentos ingeridos diariamente por um indivíduo. Até a nomenclatura causou muita divergência na sociedade nutricional. Os nutricionistas questionam o nome dieta e reeducação alimentar. Dieta é uma palavra isolada e se soubermos utiliza-la não irá ser negativa na reeducação nutricional. Entenda: toda dieta bem feita reeduca ou educa. Porém, nem todos pacientes buscam reeducação e dieta, buscam: milagre.

         O propósito do nutricionista será além de promover uma alimentação adequada para corrigir ou prevenir doenças e melhorar estética, é promover saúde. Mas digo de saúde como o contexto que todos conhecem: bem estar físico e mental. E por que enfatizo o mental? Porque se não entendo a importância de mudar hábitos errôneos e promover hábitos saudáveis ou se me privo e escondo, entristeço por estar fazendo uma dieta, não estou saudável. Mas se olho no espelho e não estou satisfeita também não estou saudável. É preciso sim, aceitar novas fases. Aceitar o novo, novos sabores, novos hábitos e novos alimentos. Por isso, nem toda dieta reeduca porque nem sempre fomos educados a comer alimentos saudáveis.

           Muitas pessoas me abordam perguntando se realmente como o que preconizo, ensino e/ou  sugiro, e eu lhes digo: tenho um caso de amor com minha alimentação. É um relacionamento sério, maduro e saudável a ponto de deseja-la a cada refeição. Não que devemos mudar tudo que consumimos e nunca consumirmos nada que não esteja proposto, mas é ter tamanha consciência e cumplicidade com sua alimentação e escolhas ao ponto de quando não for comer o que foi proposto ou que você mesma propõe, não se culpe. O maior peso é o da consciência pesada. Esse sim, faz arrepender e te desviar do seu propósito saudável.

Permita-se mudar! Procure um profissional nutricionista.

E aqui, deixo uma deliciosa vontade de querer um pouquinho mais…

Até a próxima!

geo

Geórgia Malheiros Silveira

@nutrigeomalheiros

  • Mestre Profissionalizante em Terapia Intensiva
  • Mestre especialista em nutrição clínica
  • Especialista em Nutrição clínica
  • Especialista em nutrição Esportiva
  • Especialista em fisiologia do exercício

Consultório: Rua Gustavo Bezerra, 291 – Centro – Guanambi/BA, (77) 3451 – 1721

       Não adianta querer copiar tudo que a gente vê na TV e na internet, cada pessoa funciona de um jeito e tem um propósito específico.  Geórgia é nutricionista e super antenada, vai ajudar muito a gente aqui com suas dicas preciosas sobre  alimentação saudável e vida equilibrada!  

Fiquem ligados!

Beijocas,  turma!

Ana.